Depoimentos

Graciele, mãe de Heron, 5 anos.

Depois de tanta dificuldade para descobrir o que estava errado com o pequeno, recebemos o diagnóstico de TEA com auxílio da creche que foi fundamental para conseguirmos o diagnóstico, se não frequentasse creche e não fosse as monitoras super atenciosas talvez ainda estivesse sem diagnóstico algum. Depois do diagnóstico e do luto, vamos ao tratamento, não existe tratamento para autismo pelo... Continue lendo...

Cristiane, mãe.

Um dos meus filhos sempre apresentou um atraso no desenvolvimento da fala, mas sempre acreditei que estava dentro do normal. Aliás, os pediatras que o atendiam também! Quando não reagia da mesma forma que os colegas, eu achava que era porque era tímido e envergonhado. Quando tinha crises e não aceitava nada diferente, eu achava que era porque tinha personalidade forte. E por aí ia.... A med... Continue lendo...

Rodrimary, mãe de Rômulo Nobre, 4 anos.

Gostaria de contribuir com a informação sobre o diagnóstico, onde é necessário o acompanhamento de multiprofissionais para fechar o diagnóstico como psicóloga, Pedagoga, Fonoaudióloga, Psquiatra e o Pediatra. E o quanto antes fechar o diagnóstico melhor fará para atenuar as esteriotipias.